O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Seas) disponibiliza nesta quinta-feira (18) a terceira parcela do programa AmpaRO para cerca de 28 mil famílias que têm renda mensal de até R$ 89 per capta. Desde o início da sua criação, esta é a nona parcela do benefício, porém a terceira de 2021. O programa, que foi criado para amenizar os impactos financeiros causados pela Covid-19, atende mais de 93 mil pessoas em todo os municípios do Estado.

Em 2020, as famílias beneficiadas receberam seis parcelas de R$ 200 (os pagamentos foram realizados entre julho e dezembro). O recurso também foi instrumento de equilíbrio econômico, pois cerca de R$ 34 milhões foram investidos naquele momento na balança econômica do Estado de Rondônia. Para este ano, o investimento previsto pelo Governo é de aproximadamente R$ 17 milhões e cada família beneficiada irá receber mais seis parcelas de R$ 100, sendo que os pagamentos irão se estender até junho. Somente o programa AmpaRO é responsável por uma injeção econômica de mais de R$ 50 milhões na economia do Estado. O recurso é do Fundo Estadual de Erradicação e Combate à Pobreza (Fecoep).

De acordo com o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, o AmpaRO foi um dos instrumentos que o Estado adotou a fim de contribuir com a estabilização da economia rondoniense e ao mesmo tempo garantir um pouco mais de dignidade às famílias de baixa renda, núcleo social mais atingido economicamente pelos efeitos de combate ao vírus.

Com o dinheiro do AmpaRO, as famílias beneficiadas podem pagar boletos, fazer transferências e compras pelo aplicativo “Caixa TEM”. Já as pessoas que enfrentam dificuldades de acesso ao aplicativo podem se dirigir ao caixa eletrônico ou agência da Caixa Econômica Federal para saque. O calendário divulgado pela Seas prevê o pagamento da quarta parcela para o dia 16 de abril; a quinta, dia 18 de maio; e a sexta, dia 17 de junho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui