O presidente Alex Redano (Republicanos) defendeu melhorias na estrutura do presídio de Ariquemes, que desde a sua inauguração registrou inúmeras fugas e enfrenta uma superlotação, gerando inclusive temor na população.

“Há dois meses que não são registradas fugas. O presídio tem o apelido de ‘castelo de areia’. Pouca qualidade na obra, prédio insalubre, que prejudica os servidores em seu trabalho. E os policiais penais são uma classe que precisam de um olhar diferenciado”, relatou o deputado.

A fala de Redano ocorreu na tarde desta terça-feira (15), quando ocorreu no plenário da Assembleia Legislativa uma reunião com o secretário de Estado da Justiça (Sejus), Marcus Castelo Branco Alves Semeraro Rito.

O parlamentar solicitou ao secretário uma atenção especial à questão prisional em Ariquemes, com ações efetivas a curto, médio e longo prazos. “É preciso evitar a superlotação, ou pelo menos reduzi-la. É desumano. Não defendo regalias para apenados, mas não posso concordar com tratamento desumano. A Casa quer colaborar com melhorias no sistema prisional de Ariquemes e do Estado, no que for possível”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui