Servidores do Sistema Penitenciário de Rondônia recebem reforço nos cuidados à saúde durante pandemia

Servidores do Sistema Penitenciário de Rondônia recebem reforço nos cuidados à saúde durante pandemia

Porto Velho, RO – O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria Estadual de Justiça (Sejus), está oferecendo aos seus servidores uma série de serviços de saúde na Policlínica Oswaldo Cruz (POC), que vão de consultas médicas a testes rápidos pelo novo coronavírus (Covid-19). Os cuidados com os servidores estão sendo redobrados durante o período de pandemia e a Sejus pede apoio aos servidores nesse momento tão delicado para ficarem atentos aos sintomas da doença.

A Sejus orienta aos servidores que sentirem os sintomas da Covid-19, não compareçam na unidade prisional, caso estejam de plantão, e informem o chefe imediato por telefone. A direção da Unidade encaminhará os dados dos servidores à Gerência de Saúde (Gesau) para agendamento de consultas através do e-mail: saudeservidorsejus@gmail.com. O servidor deve ficar em casa, em quarentena, com máscara (caso more com mais pessoas), não podendo receber visitas, enquanto aguarda o contato da equipe de saúde. Caso o servidor da Sejus esteja com dúvidas pode entrar em contato pelos telefones 69 99231-7106 / 9 9291-8591.

Conforme Boletim Oficial, sobre os casos de Covid-19 no Sistema Penitenciário de Rondônia, da última sexta-feira (12), foram consolidados os seguintes resultados de casos positivos em servidores: 89 em Porto Velho, dois em Ji-Paraná, dois em Guajará-Mirim, dois em Colorado D’Oeste, dois em Ariquemes, dois em Vilhena, quatro em Nova Mamoré, 10 em Ouro Preto D’ Oeste. Confirmando 113 casos, 74 casos curados e um óbito. O Boletim Oficial é divulgado três vezes na semana nas redes sociais da Sejus.

Lembrando que a Secretaria de Justiça disponibilizou às Unidades Prisionais materiais de insumo, como máscaras descartáveis, máscaras de pano, álcool 70%, kits higiênicos, sabão e equipamento de proteção individual.

ATENDIMENTO

O atendimento na Policlínica Oswaldo Cruz (POC), é destinado ao cuidado da saúde dos servidores públicos estaduais. O laboratório foi montado para atender, por dia, 80 servidores públicos. Destas vagas, 30 são destinadas para a segurança pública da capital, Porto Velho.

A gerente de saúde da Sejus, Míriam Muniz, explica que, semanalmente, são atendidos em média: 90 servidores da Polícia Militar (PM), 48 da Polícia Civil (PC), 21 do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), nove da Polícia  Rodoviária Federal (PRF) e 60 servidores da Sejus.

O laboratório é uma ação conjunta de esforços, onde a PRF disponibilizou uma servidora da administração, a PM ofereceu médicos e profissionais de saúde para coleta de testes rápidos, e a Sejus está contribuindo com profissionais de enfermagem para coleta de exames da Covid-19, contando também com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA