Dando continuidade às ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Porto Velho está orientando os permissionários trabalhadores dos mercados municipais e funerárias a respeito do cumprimento do Decreto Estadual nº 25.859, de 6 de março de 2021, e da Portaria Municipal nº 0014/GAB/SEMUSB, de 11 de março de 2021, que estabelecem regras para combater o novo coronavírus.

Lene destaca a importância das medidas de segurançaLene destaca a importância das medidas de segurança

O trabalho é feito por cinco equipes do Departamento de Posturas da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb). Em todos os estabelecimentos visitados são transmitidas informações detalhadas sobre a legislação vigente, que trata das medidas sanitárias a serem observadas, como o funcionamento de cada atividade, o uso de máscaras, de álcool a 70% e a necessidade de manter distanciamento social.

Lene dos Santos é permissionária há 37 anos do Mercado KM 1, na região central. De acordo com ela, uma das maneiras de manter as vendas sem colocar a própria vida e a dos clientes em risco é orientar e disponibilizar aparatos de proteção contra o vírus. “Pedimos aos clientes para que utilizem álcool em gel e evitem consumir alimentos aqui para evitar aglomeração. Quando um cliente não tem máscara, nós oferecemos uma para ele. E assim seguimos, mesmo com as vendas reduzidas por conta da pandemia”, relatou.

A ação tem como intuito transmitir orientações A ação tem como intuito transmitir orientações

Nos mercados, o quantitativo de pessoas permitido é de 30% da capacidade máxima. No caso das funerárias, ainda há restrição em relação ao tempo de permanência, que é de duas horas, respeitando o distanciamento entre as pessoas no local, com exceção dos casos relacionados à Covid-19, que não pode haver velório.

De acordo com o gerente de Fiscalização da Semusb, Igor Trivério de Melo, neste primeiro momento, a ação tem como intuito transmitir orientações tanto para os comerciantes quanto para a clientela. “Inicialmente estamos fazendo um trabalho de orientação e notificação nesses locais”, disse o gerente de fiscalização.

Até terça-feira (16), a previsão é que a ação seja realizada em 13 funerárias, empresas particulares e quatro mercados municipais (Mercado Central, Mercado KM1, Mercado do Pedacinho de Chão e Mercado do Pescado, além do Centro Gastronômico).

Texto: Carlos Sabino
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui