Unidades Socioeducativas realizam sanitização como combate à pandemia do novo coronavírus

Unidades Socioeducativas realizam sanitização como combate à pandemia do novo coronavírus

Porto Velho, RO – A Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo (Fease), com intuito de prevenir e promover o enfrentamento à pandemia causada pelo novo coronavírus, iniciou o processo de higienização e eliminação de agentes causadores de infecções nas unidades socioeducativas no dia 8 de maio, sendo concluído até o dia 31 deste mês.

“Nesses dias de pandemia, todas as medidas de prevenção são validadas, com o uso de máscaras, álcool em gel e outros. A sanitização propiciará, tanto ao servidor como ao socioeducando, um ambiente mais seguro, pois produtos específicos utilizados neste processo impedem  a permanência do vírus nos  ambientes”, declarou Silvanio Robson dos Santos Oliveira, coordenador Administrativo e Financeiro da Fease.

A sanitização dos ambientes é um fator indispensável ao combate do coronavírus e seria uma maneira preventiva, considerando-se o fato de que ainda não há como remediar. “A complexidade deste novo coronavírus e seu danoso potencial à nossa saúde exige, além de ações preventivas como o uso de EPIs, uma atuação mais repressiva e, neste caso, a realização de sanitização contínua a fim de evitar a proliferação entre servidores e adolescentes”, declarou o Antônio Francisco Gomes Silva, presidente da Fease.

É imprescindível a utilização de todos os mecanismos fornecidos para o confronto desta pandemia e, como método antisséptico, a necessidade premente do distanciamento social continua sendo a melhor estratégia.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA