Semana Santa: PRF em Rondônia multiplica esforços e registra 22 ocorrências

Segunda-feira (06): homicídio culposo na direção de veículo automotor e embriaguez ao volante

Em Vista Alegre do Abunã/RO, policiais rodoviários federais prenderam, em flagrante, condutor de caminhão pelo crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor, após acidente entre o veículo de carga e uma motocicleta, na BR 364 km 975. O motociclista veio a óbito no local e a motocicleta recolhida para a delegacia por apresentar sinais de adulteração. O motorista do caminhão foi submetido ao teste do etilômetro, o qual indicou 0,00 mg/L, sendo encaminhado para delegacia de polícia civil no distrito de Extrema/RO, por homicídio culposo (aquele no qual não existe a intenção de matar) na direção de veículo automotor.

Mesmo com o isolamento social para prevenção do coronavírus, as pessoas continuam arriscando a vida ao ingerir bebida alcoólica e dirigir. Ainda na segunda-feira (6), a PRF registrou duas prisões por embriaguez ao volante, uma em Porto-velho/RO e outra em Itapuã do Oeste/RO.

 

Terça- feira (07): fraude veicular e crimes de trânsito

Em Ji-Paraná/RO, por volta das 18h, policiais rodoviários federais de plantão, ao prestarem auxílio a um usuário, que estava empurrando uma motocicleta em frente à Unidade Operacional no km 352 da BR 364, encontraram indícios de adulteração veicular, devido a modificações nos sinais identificadores do veículo: placa sem lacre, pertencendo a outra motocicleta; número do motor raspado; chassi parcialmente encoberto, artifício muito utilizado neste tipo de crime para de burlar a identificação original do veículo. O motociclista não portava nenhum documento de identificação e informou aos policiais que havia sofrido um acidente de trânsito no km 4 em Ji-Paraná. Diante dos fatos, a equipe o encaminhou para a UNISP em Ji-Paraná para os registro de ocorrência pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

 

Também em Ji-Paraná/RO, outro motociclista inabilitado (conduzindo veículo sem possuir carteira de habilitação) foi detido pela conduta típica do Código de Trânsito de embriaguez ao volante, dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida permissão para dirigir ou habilitação ou, ainda, se cassado o direito de dirigir, gerando perigo de dano. O teor de álcool, por litro de ar expelido pelos pulmões, constatado pelos policiais foi de 0,93 miligramas (quase três vezes mais do que o limite criminal); e o infrator conduzido à Policia Civil.

Em Guajará-Mirim/RO, no km 117 da BR 425, um homem foi preso em flagrante pelo crime do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) de violar a suspensão ou a proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. O infrator estava com o direito de dirigir suspenso de 11/08/2017 até 10/08/2022 devido a decisão judicial, e diante dos fatos, encaminhado para a Delegacia Regional de Guajará-Mirim para serem tomadas as devidas providências.

 

Quarta-feira (08): adulteração de veículo e crimes de trânsito

PRF derruba caminhão por fraude veicular, em Ji-Paraná. Os policiais constataram divergências nos elementos identificadores e após análise minuciosa, encontraram, no semirreboque, indícios de adulteração de elementos identificadores, tais como, divergência do local de gravação do número identificador do veículo, marcas de lixamento por objeto abrasivo que caracterizam a manipulação da superfície do suporte de gravação, e supressão e regravação total dos caracteres em local distinto do original.

 

Em Guajará-Mirim, homem desobedeceu ordem de parada dos policias rodoviários federais e empreendeu fuga. O condutor, capturado minutos depois pela equipe da ronda, disse aos policiais que não havia escutado a ordem de parada, assumindo que havia ingerido bebida alcoólica, sendo constatado o teor de 0,94 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Além do motorista, os policiais identificaram que um passageiro utilizava tornozeleira eletrônica desligada no momento da abordagem, e ao ser questionado, informou que estava sendo monitorado por já ter sido preso por tráfico de drogas no Estado do Mato Grosso, e também por Roubo no município de Guajará-Mirim. Em busca pessoal, foi encontrada 1 grama de cocaína com o passageiro, que afirmou portar a droga para consumo pessoal. Diante dos fatos, os infratores foram encaminhados para a Polícia Civil pelos crimes de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool – Embriaguez ao volante e Porte de droga para consumo.

 

Quinta-feira (09): caminhonete recuperada e tráfico de drogas em Vilhena

Na quinta-feira (09), a cidade de Vilhena/RO, evidenciou, em menos de oito horas, duas ações de combate ao crime, executadas com brilhantismo por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A primeira ocorrência, uma caminhonete foi recuperada poucas horas depois de ser roubada, você lê AQUI

A seguda ocorrência, no período da tarde, policiais em patrulhamento nas rodovias federais da região, descobriram 36 tijolos de cloridrato de cocaína, escondidos na parte interna da carroceria de um veículo, em tentativa frustrada de ludibriar as possíveis fiscalizações policiais. Para saber mais detalhes você lê AQUI

 

Sexta-feira (10): mandado de prisão e crime ambiental

Um homem foi encaminhado à Delegacia Regional de Guajará- Mirim/RO, com mandado de prisão em aberto por posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. A ocorrência aconteceu durante fiscalização no km 119 da BR 425, por volta das 19 horas.

Em Humaitá/AM, PRF registrou três flagrantes de madeira ilegal, totalizando 115 m³ do ilícito apreendido. As ocorrências foram registradas em fiscalização no km 605 da BR 230, na fronteira entre os estados de Rondônia e Amazonas. Todos os veículos abordados tinham a mesma origem, o município de Manicoré/AM, e transportavam madeira sem nota fiscal e sem a Guia Florestal para as cidade de Goiânia/GO, Nova Lacerda/MT e Aparecida de Goiânia/GO. Os condutores foram presos em flagrante e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Humaitá/AM, pelo Art. 46, parágrafo único, da Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98).

Mais detalhes da ocorrência você lê AQUI.

 

Sábado (11): crime de trânsito, fraude veicular, receptação e crime contra as relações de consumo

Em Humaitá/AM, no km 728 da BR 319, motociclista é flagrado: dirigindo em via pública, sem a devida permissão para dirigir ou habilitação, gerando perigo de dano; não utilizando capacete e transportando passageiro, também sem capacete. Os envolvidos foram encaminhados ilesos à Delegacia de Polícia Civil para providências cabíveis.

Em Porto Velho/RO, no km 755 da BR 364, homem é detido em flagrante pelo crime de trânsito do art. 310 do CTB – entregar a direção de veículo automotor a pessoa não habilitada ou com habilitação cassada -, pois, conforme apurado pelos policiais durante a abordagem, teria trocado de posição com o real condutor do veículo. Durante a noite, equipe da PRF em fiscalização no km 759 da BR 364, abordou um veículo transportando uma moto na carroceria. Ao pedirem a documentação dos veículos, os policiais notaram indícios de adulteração no CRLV da motocicleta, fato este que levou a uma fiscalização minuciosa, sendo verificada adulteração no chassi e no motor. Assim, através das técnicas de identificação veicular, a equipe identificou os dados verdadeiros da motocicleta, que remeteu a uma moto roubada. O infrator foi levado à Central de Flagrantes de Porto Velho pelo crime de receptação.

 

No município de Nova Mamoré/RO, duas ocorrências marcaram o sábado: fraude veicular e receptação. Na primeira, motociclista foi flagrado conduzindo o veículo sem placa. Após busca detalhada pelos sinais de identificação veicular, os policiais constataram que o chassi e o número do motor tinham sido suprimidos e regravados, não condizendo com a moto da abordagem. Diante disso, foi dada voz de prisão por adulteração de sinal identificador de veículo automotor, sendo conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Nova Mamoré.

A segunda ocorrência aconteceu no km 78 da BR 425, quando policiais rodoviários federais encontraram uma motocicleta sem placa estacionada no acostamento. Após inspeção veicular e consultas, o chassi da moto retornou o número de outro veículo com restrição de roubo e furto. O condutor informou aos policiais que havia comprado a moto há um mês e desconhecia ser produto de roubo/furto. Diante dos fatos, o condutor foi conduzido pelo crime de receptação à Delegacia de Polícia Civil de Nova Mamoré, assim como o passageiro da moto, que detinha mandado de prisão por tráfico de drogas em seu desfavor.

No município de Guajara-Mirim/RO, em comando estático em frente a Unidade Operacional da PRF, no km 117 da BR 425, durante a OPERAÇÃO FRONTEIRA FECHADA/2020, em parceria com os órgãos Exército Brasileiro, Secretaria de Saúde de Guajará-Mirim e Agência Epidemiológica, homem foi detido transportando cerca de 40kg de frango abatido sem nota fiscal e sem refrigeração. A carga, que tinha tinha sido abatida em Porto Velho e tinha como destino um restaurante em Nova Mamoré, estava sendo levada em bandejas de isopor envoltas em papel filme, dentro de caixas sem qualquer refrigeração. Diante dos fatos, o autor do delito foi conduzido à Delegacia Regional de Guajará-Mirim, por crime contra as relações de consumo, previsto no Art. 7º da Lei 8.137/90: IX – vender, ter em depósito para vender ou expor à venda ou, de qualquer forma, entregar matéria-prima ou mercadoria, em condições impróprias ao consumo;

 

Na noite do último sábado (11), por volta das 22h00, policiais rodoviários federais realizavam comando de fiscalização de trânsito na cidade de Pimenta Bueno/RO quando deram ordem de parada a uma caminhonete modelo Hilux. Ao realizarem a verificação documental os policiais identificaram possíveis irregularidades e, com o objetivo de chegar a verdade dos fatos, uma inspeção criteriosa do veículo foi executada pela equipe. Os agentes observaram que os sinais identificadores da caminhonete estavam adulterados e o veículo original havia sido furtado no estado de Minas Gerais.

O motorista, ao receber voz de prisão, informou à guarnição que tinha ciência de que o automóvel era produto de atividade criminosa e que receberia uma quantia em dinheiro para fazer o transporte de Minhas Gerais até o Município de Cacoal. O infrator foi conduzido à delegacia de polícia civil para lavratura do boletim de ocorrência.

 

Domingo (12): mais flagrantes por embriaguez ao volante

Mesmo em tempos de pandemia, domingo (12), quatro homens foram flagrados conduzindo veículo sob influência de álcool em Rondônia. Dois casos aconteceram no município de Guajará-Mirim/RO, no km 140 da BR 425, um motorista e um motociclista foram presos. As outras duas ocorrências foram registradas em Porto Velho. Logo pela manhã, um idoso colidiu o veículo que dirigia contra um poste, no km 713 da BR 364, e foi socorrido pela PRF sem lesões. Ao realizar o teste do bafômetro, foi constatado o índice 0,82 miligramas de álcool por litro de ar, configurando assim crime de trânsito. Por fim, durante a madrugada, a equipe da PRF de plantão foi acionada por conta de uma discussão de trânsito, envolvendo motoristas de três veículos, após colisão e tentativa de fuga de um dos envolvidos. Seguindo os procedimentos operacionais, a guarnição ofertou a todos os condutores a realização do teste de alcoolemia, sendo constatado o teor de 1.08 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões em um dos motoristas. O infrator foi conduzido à Central de Flagrantes para registro da ocorrência policial.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA