Com o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento dos agentes que integram o Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro) em parceria com o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) iniciou neste mês de março o curso de Capacitação de Formação Inicial e Continuada (FIC).

Conselheiros tutelares, conselheiros municipais dos direitos da criança e do adolescente, profissionais dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas), Centro de Acolhimento da Criança e do Adolescente, além de profissionais da Seas, agentes de segurança pública e da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) são o público alvo desta iniciativa.

Obedecendo aos decretos que recomendam o distanciamento social para prevenção da Covid-19, o curso é realizado na modalidade Ensino a Distância (EaD), em ambiente totalmente virtual, com carga horária de 200 horas. Na ocasião também será desenvolvido espaço para o entendimento do fenômeno da violência e da promoção desses direitos, com sistematização do atendimento e construção de estratégias de intervenção junto à sociedade.

Ao anunciar a capacitação, a secretária da Seas e primeira-dama, Luana Rocha, destacou que se trata de mais uma importante ferramenta para a melhoria da assistência às crianças e adolescentes em Rondônia, considerando que houve eleições recentes para conselheiros tutelares, sendo uma oportunidade para o aperfeiçoamento e expansão de seus conhecimentos na defesa da garantia de direitos de crianças e adolescentes do Estado. “Desta maneira, a Seas reafirma seu compromisso com a implementação do Programa Criança Protegida, com ações de capacitações para melhoria da estrutura dos Conselhos Tutelares, garantindo atendimento mais eficiente, humanizador e acolhedor à comunidade”, pontuou a secretária.

Os inscritos receberam nos seus e-mails cadastrados, o login e a senha de acesso à plataforma de ambiente virtual de aprendizagem (AVA), onde as aulas já começaram a serem disponibilizadas no último dia 4 e os alunos serão acompanhados por um tutor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui