Termina prazo e Governo do Estado não apresenta proposta de PCCR aos servidoresda saúde

No final do ano passado, o Sindicato Médico de Rondônia (SIMERO), juntamente com líderes e representantes de outros sindicatos da saúde entregaram aos deputados estaduais, membros da comissão de saúde da Assembleia Legislativa de Rondônia e também à Casa Civil do Estado, a proposta de alteração da tabela salarial do Plano de Carreira, Cargos e Remuneração (PCCR) dos servidores ligados à Secretaria de Estado da Saúde (SESAU).

O executivo se comprometeu em apresentar uma contraproposta da revisão do PCCR nesta sexta-feira (10). Porém nenhum projeto foi apresentado.

Após horas de tentativas de negociação entre deputados, servidores, representantes dos sindicatos da saúde e do governo de Rondônia, ficou acordado um prazo de seis meses para o executivo contratar uma empresa especializada em análises de PCCRs e um aumento de no auxílio alimentação de que, a partir do próximo mês será de R$258 (duzentos e cinquenta e oito reais.)

Outras reuniões estão pré-agendadas para abordar demais assuntos de interesse dos servidores da saúde do estado.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA