Deputado Ismael Crispin comemora retorno das atividades do maior empregador da região da BR-429

Porto Velho, RO – Em seu discurso na sessão ordinária desta terça-feira (07), o deputado Ismael Crispin (PSB) fez uso da tribuna para agradecer a decisão da indústria JBS de São Miguel do Guaporé em manter suas atividades na região da BR-429, mesmo depois de ter sido fechada três vezes por decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Rondônia, Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério Público de Rondônia.

“ A JBS é uma multinacional e no meu entendimento e de muitos São Miguelenses, ela poderia escolher qualquer lugar do Brasil para estar instalada. Hoje eu quero agradecer, a direção nacional e regional por terem escolhido continuar suas atividades no nosso município e ainda ir além das exigências do MPT, com a realização de todos os tipos de exames laboratoriais, não somente os exames do Covid-19, com intuito de cuidar dos seus funcionários, além de construir barreira sanitária para evitar novos casos de Coronavírus, doou equipamentos para a Secretária Municipal de Saúde e ainda continuará fazendo sua função social no município”, expõe.

Segundo Ismael, as atividades do frigorífico da JBS em São Miguel do Guaporé deverão retornar ainda esta semana. “Essa notícia tira o peso da preocupação com o desemprego que o fechamento de uma empresa desse porte provocaria na região da BR-429. Se hoje formos fazer uma consulta em relação a nossa receita, Rondônia ainda está tranquilo, a queda de receita não foi tão brusca, no entanto tivemos uma queda muito grande nos registros de emprego e isso preocupa, pois além da saúde física, estamos preocupados também com a saúde financeira e psicológica de todos os rondonienses”, justificou.

Motocicletas

Ismael Crispin fez questão também de registrar a entrega no último sábado (04) de 28 motocicletas aos Agentes Comunitário de Saúde (ACS) de São Miguel do Guaporé adquiridas através de emenda parlamentar de sua autoria. “ É uma forma de fazer o serviço público chegar com mais rapidez e qualidade ao usuário. Atender esse pleito me deixou muito feliz, pois estamos conseguindo de fato ajudar a comunidade que tanto me ajuda”, disse.

Procon Ji-Paraná

Por fim, o parlamentar relatou que na semana passada, em uma entrevista em Ji-Paraná, teve a informação de que o Procon do município estava fechando as lojas, com a justificativa de estar cumprindo a Portaria que determinou o retorno da fase 1 para 23 municípios.

“Quando falamos em Procon, muitos só vão lembrar do órgão por conta da CPI da Energisa, pois graças ao trabalho dos deputados o órgão deixou de ser um cabide de empregos e começou a atuar em prol dos consumidores. Contudo, lá em Ji-Paraná o órgão estava atuando de forma contrária. As empresas estavam tentando sobreviver e eles juntamente com a Polícia Militar fechando as lojas da Avenida Brasil”, explicou.

Segundo o parlamentar, diante dos relatos apresentados pelos comerciantes de Ji-Paraná o Procon estava atuando com desvio de finalidade. “Encaminhamos um documento ao Procon para saber se de fato existia uma determinação do Governo do Estado para que eles atuassem com esse comportamento. Eles precisam atuar na proteção do consumidor e não fazer com que a nossa economia quebre, essa atitude tem o nosso repúdio. Fomos questionados diversas vezes para o tipo de tratamento que o Executivo quer dar para quem gera emprego e renda? e precisamos de respostas”, finalizou.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA