Governo orienta adoção de medidas protetivas nas filas de atendimento das agências bancárias de Porto Velho

Governo orienta adoção de medidas protetivas nas filas de atendimento das agências bancárias de Porto Velho

Porto Velho, RO – As aglomerações nas filas externas das agências bancárias devido à busca por auxílio emergencial em Rondônia deixaram em alerta a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e outras instituições municipais, estaduais e federais. Em reunião realizada por videoconferência na segunda-feira (4), a Agevisa orientou quanto à necessidade de adoção de medidas protetivas contra a pandemia nesses locais.

‘‘Há uma preocupação quanto à aglomeração de pessoas nas filas e também dos funcionários dessas agências de se contaminarem devido à proximidade das pessoas. Então, o que solicitamos é que todos cumpram o distanciamento, usem máscaras, e, além disso, que haja uma união de esforços das agências, órgãos de segurança pública e outras instituições para que se tenham os devidos cuidados no enfrentamento à Covid-19’’, afirma a diretora da Agevisa, Ana Flora Camargo Gerhardt.

Segundo a diretora, participaram da reunião, além da Agevisa, representantes de agências bancárias (Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil) , do Ministério Público Estadual (MPE),  do Ministério Público Federal (MPF), do Ministério Público do Trabalho (MPT), da Polícia Militar, da Secretaria de Estado de Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) e da prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte (Semtran) e outras instituições.

Ana Flora parabenizou a Caixa Econômica Federal pela iniciativa de buscar o alinhamento de ações protetivas  no atendimento ao público, e os esforços conjunto das instituições envolvidas.

O enfrentamento da pandemia em Rondônia avança através de ações estratégicas e estruturação de assistência e vigilância em saúde para dar respostas à população do trabalho que é feito para prevenir e controlar a doença.

Rondônia ocupa o 1º lugar em transparência na divulgação de dados da Covid-19 na avaliação da Open Knowledge Brasil, organização da sociedade civil. A Agevisa integra o Sistema de Comando de Incidentes – Sala de Situação Integrada (SCI) de enfrentamento ao coronavírus do governo de Rondônia e está atenta às medidas necessárias para evitar a propagação da doença.

Conforme o Plano de Contingência do Estado de Rondônia para Medidas de Prevenção e Controle da Infecção Humana pelo Coronavírus (SARS-CoV-2), as medidas preventivas inclui ações como:

 Não cumprimentar as pessoas por meio de aperto de mão, abraço, beijo;
 Lavar as mãos com água e sabão frequentemente, ou use álcool em gel na concentração de 70%;
 Usar lenço descartável para higienizar as narinas;
 Etiqueta respiratória: quando tossir ou espirrar cobrir nariz e boca com lenço descartável ou utilizar o antebraço. Descartar o lenço no lixo e higienizar as mãos
com água e sabonete ou produto alcoólico na concentração de 70%;
 Manter os ambientes bem ventilados, como exemplo: abrir o local de trabalho e residência, como portas e janelas a cada 1 hora;
 Não compartilhar objetos pessoais, como pratos, talheres, copos, etc;
 Fazer a higienização de teclas, canetas, lápis, pranchetas, e principalmente evitar o empréstimo;
 Manter higienizado celular, telefone fixo, maçanetas, corrimão, botões;
 No caso de uso de transportes públicos, utilizar álcool gel após o contato com os
apoios;
 Manter distância de no mínimo de 2 (dois) metros entre as pessoas.

Confirma o Plano de Contingência completo aqui.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA