Mais de 10 mil eleitores correm o risco de cancelamento de títulos em Cacoal e Ministro Andreazza

Mais de 10 mil eleitores correm o risco de cancelamento de títulos em Cacoal e Ministro Andreazza

Porto Velho, RO – Exatos 10.703 eleitores das cidades de Cacoal e Ministro Andreazza podem ter seus títulos cancelados pela Justiça Eleitoral por não terem comparecido ao Cartório da 11ª Zona para a realização das operações de alistamento, revisão e transferência de seus documentos junto ao Cadastro Eleitoral.

A juíza Elisângela Frota Araújo Reis, titular da 11ª Zona, que é responsável pela jurisdição eleitoral em Cacoal e Ministro Andreazza publicou uma Portaria nesta sexta-feira, fazendo um alerta sobre a necessidade do comparecimento dos eleitores e dando prazo final de regularização para  o dia 6 de maio de 2020.

A Portaria prevê que os eleitores que comparecerem até o dia 17 de abril de 2020 terão dispensadas suas multas por não comparecimento às urnas na eleição passada e por alistamento tardio. As multas aplicadas relativas aos pleitos anteriores até 2010 também estão dispensadas.

Segundo a juíza eleitoral, a decisão contida na Portaria é uma questão de “necessidade de fomentar a adesão da população aos trabalhos de revisão de eleitorado e cadastramento biométrico”.

Levando em conta a população de Cacoal e a de Ministro Andreazza, que somadas chegam a 90 mil habitantes, 10.703 eleitores é um percentual considerável de pessoas que poderão ficar sem direito a voto nas próximas eleições.

INTERESSADOS EM REGULARIZAR A SITUAÇÃO DO TITULO ELEITORAL PROCURAR O FÓRUM.

EndereçoR. Anísio Serrão, 2004 – Centro, Cacoal – RO, 76963-804
Fecha às 18:00
Telefone(69) 3441-1750
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA