Projeto de lei do deputado Eyder Brasil proíbe visitas íntimas nos presídios de Rondônia

Para o parlamentar, a visita íntima desvirtua a interpretação correta do artigo 41 da Lei de Execuções Penais.
Porto Velho, RO – O líder do Governo e membro da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Eyder Brasil (PSL) apresentou o Projeto de lei nº 413/2020, que proíbe as visitas íntimas nos estabelecimentos penitenciários do Estado de Rondônia.

A opinião pública debate o tema com extrema indignação. Por outro lado, quando é analisada sob a ótica da segurança pública, evidencia-se que a problemática está muito além do descontentamento da sociedade, pois desvirtua a interpretação correta do artigo 41 da Lei de Execuções Penais.

É indiscutível que líderes de facções criminosas utilizam o momento de visita íntima para trocar informações e ordenar crimes. O deputado Eyder Brasil reitera que, a Lei Estadual ou a própria Constituição não garantem ao detento o direito da visita reservada, por isso apresentou a propositura.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA