Fábrica de bloquetes no presídio de Ji-Paraná entra em fase final de instalação

Porto Velho, RO – A fábrica de artefatos de cimento da Penitenciária Agenor Martins de Carvalho, em Ji-Paraná, na tarde de ontem (2), entrou em sua fase final de instalação com a construção do barracão para o maquinário já adquirido e entregue ao maior presídio da região Central do Estado.

Idealizada e adquirida por meio de emendas parlamentares do deputado estadual Jhony Paixão (Republicanos), a fábrica produzirá bloquetes, manilhas e meios-fios para serem usados na pavimentação e infraestrutura de Ji-Paraná e região.

Toda a infraestrutura terá 440m² de área utilizável e será composta por um complexo de três barracões, sendo o maior deles com 300m² de área coberta, com verba destinada por meio da parceria do parlamentar ji-paranaense com a Secretaria de Justiça do Estado de Rondônia (SEJUS), Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Secretara do Meio Ambiente (SEDAM) e Ministério Público, com prazo de entrega para o final deste mês de julho.

O deputado Jhony Paixão prevê que a partir de agosto, os internos do Agenor Martins de Carvalho já irão participar da frente de trabalho na construção e na fabricação dos artefatos com produção de manilhas, meio fio e bloquetes. “A fábrica de artefatos é uma grande conquista para nossa cidade, que além de ter a disposição uma infraestrutura que beneficiará toda a população com pavimentação sem custo de mão-de-obra, também terá mais uma alternativa de ressocialização para os apenados”, afirmou Paixão.

O secretário de Justiça de Rondônia, Marcus Rito, ressaltou que as parcerias tem sido a tônica das ações do Governo do Estado. “Nesse projeto idealizado pelo deputado Jhony, a SEJUS viabilizou a parceria junto com o DER que adquiriu os insumos para a fabricação e a SEDAM que nos forneceu o madeiramento proveniente de apreensão ilegal para a construção dos barracões, além do poder judiciário que entendeu a importância dessa infraestrutura para a ressocialização da população carcerária da região”, enumerou o titular da SEJUS.

Investimento

O deputado Jhony ainda explicou que a ideia de colocar os internos do Agenor Martins na frente de trabalho para fabricação de artefatos em concreto para Ji-Paraná e um antigo anseio da população e das forças de segurança da região.

“Destinei mais R$1,8 milhões em emendas que custearam a compra do maquinário, dos insumos e para a construção dos barracões. Isso quer dizer que assim que já no próximo mês esta estrutura já estará produzindo e beneficiando toda a população”, arrematou o deputado Jhony Paixão.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA