A Prefeitura de Porto Velho realizou cinco dias de fiscalização e vistorias em unidades que geram energia à base da combustão. A operação faz parte dos mecanismos de prevenção às queimadas na região do Baixo Madeira. O trabalho também foi orientado pelo Ministério Público Estadual.

 

A vistoria nas unidades foi realizada pelo Departamento de Fiscalização e pelo Departamento de Licenciamento Ambiental, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema).

 

Além da vistoria, as equipes realizaram ações de educação ambiental informando sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar queimadas.

 

A Sema é responsável pela fiscalização destas unidades, onde também orienta sobre como evitar acidentes, sobretudo no período que antecede ao verão amazônico, que tem como característica as altas temperaturas e estiagem.

 

Equipes visitaram unidades produtoras de energia a base de dieselEquipes visitaram unidades produtoras de energia a base de diesel

“Este é o período em há muitas denúncias de queimadas também na região urbana”, afirma Diego Santos, diretor de Fiscalização Ambiental da Sema.

 

 

A presença das equipes da Sema nas comunidades é voltada para a melhoria da qualidade ambiental e da saúde da população. “As atividades têm como meta evitar queimadas, que podem agravar ainda mais a saúde dos moradores durante a pandemia da Covid-19, uma vez que a fumaça pode comprometer o aparelho respiratório das pessoas”, destacou o secretário da Sema, Alexandro Miranda.

 

“É um dever da Sema averiguar as denúncias e sanar a irregularidade ambiental da melhor forma possível. Vamos continuar batalhando diariamente para que o ambiente seja ecologicamente equilibrado para o bem da nossa população”, finaliza Diego Santos.

 

Texto: Pedro Bentes
Fotos: Sema

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui