Muito além do registro de casos, Agevisa lança boletim epidemiológico com panorama completo da Covid-19 em Rondônia

Muito além do registro de casos, Agevisa lança boletim epidemiológico com panorama completo da Covid-19 em Rondônia

Porto Velho, RO A primeira edição do Boletim Epidemiológico Covid-19 lançada no Portal do Governo de Rondônia   (www.rondonia.ro.gov.br) na sexta-feira (3) pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) traz um panorama completo da Covid-19 em Rondônia, assim também como o cenário da doença nos estados da região Norte e o contexto nacional da pandemia.

A iniciativa segue a determinação do governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, de dar transparência ao registro de casos e condutas adotadas para o enfrentamento da Covid-19, doença causada pelo coronavírus. Segundo a diretora da Agevisa, Ana Flora Camargo Gerhardt, a Agevisa mantém o compromisso contínuo de trabalhar com exatidão dos dados da doença.

Reforçou ainda que a Agevisa tem atuado de forma conjunta, mantendo as portas da sala de enfrentamento ao coronavírus aberta à colaboração e diálogo com o Ministério da Saúde, a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Ministério Público, Tribunal de Contas,  Secretaria da Assistência e Desenvolvimento Social (Seas), Secretaria da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Secretaria de Estado de Finanças de Rondônia (Sefin), Polícia Militar e  Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), e demais órgãos no âmbito federal, estadual e municipal.

‘‘Nós temos uma equipe dentro da Agevisa, por determinação do governador e da Casa Civil, onde foi criado o Sistema de Comando de Incidentes e todos os dias nos reunimos e coletamos todas as informações das vigilâncias epidemiológica, sanitária e do Centro de Informações Estratégicas em Saúde, o Cievs, para que possamos condensar esses dados para passar para a população da forma correta e transparente, e isso tem sido feito através de notas técnicas, boletins diários, matérias jornalísticas e, agora, também através do boletim epidemiológico’’, explica a diretora.

O boletim será divulgado semanalmente, com a atualização de dados das diferentes frentes que compõem a Vigilância em Saúde do Estado. Segundo a gerente técnica de Vigilância Epidemiológica da Agevisa, Arlete Baldez, o boletim é uma construção integrada e traz informações atualizadas de vários eixos. ‘‘Sempre haverá informações do eixo de epidemiologia porque é aquele que mostra o registro dos casos, a velocidade de disseminação, áreas de risco, internações, ocorrências de óbito, assim também como as estratégias de diagnósticos e ajustes na coleta’’, disse a gerente técnica destacando que Rondônia registra poucos casos, sendo a maioria tratado em regime domiciliar.

Arlete ainda destacou que os boletins serão adequados conforme a situação da doença em Rondônia, o que pode incluir nas próximas edições a estrutura hospitalar para o enfrentamento da doença, como a quantidade de leitos e respiradouros. E ainda a demanda de insumos para o Estado.

‘‘Nós estamos levando as informações para o boletim de forma atualizada e clara para que toda a população e os gestores acompanhem a situação dos municípios’’, disse.

PANORAMA COMPLETO DA DOENÇA
BRASIL/REGIÃO NORTE/ RONDÔNIA

A primeira edição do Boletim Epidemiológico Covid-19 possui o painel de casos de doença no Brasil/Região Norte/Rondônia com dados compilados até ontem (2). Mostra ainda que medidas do decreto estadual, como a de restrição de fluxo de pessoas, influenciou na evolução lenta da doença em Rondônia.

Traz ainda como diferencial um comparativo dos casos da Covid-19 e da influenza, que apresentam sintomas muito semelhantes; fluxo de demanda espontânea aos serviços de saúde, e ainda a definição do que é caso suspeito, descartados e quais os critérios para um caso ser classificado como confirmado.

Além de trazer orientações quanto à coleta de amostras para diagnóstico, e ainda as ações nos eixos de epidemiologia, vigilância sanitária, vigilância em saúde, vigilância ambiental, vigilância em saúde do trabalhador e Defesa Civil, inclui também o trabalho de diagnóstico realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia (Lacen).

DADOS E NORMAS SÃO ARMAS ESSENCIAIS
NO COMBATE À COVID-19

Nos bastidores do enfrentamento à Covid-19, técnicos da Agevisa são instrumentos essenciais para dar condições do Estado trazer respostas às demandas criadas pela doença em Rondônia.

Os servidores trabalham com dedicação para cumprir a missão de transformar normas e números em um boletim eficaz para organizar todo fluxograma de combate à propagação da doença. ‘‘Nós também somos os profissionais de frente, mas que estamos nos bastidores trabalhando na organização de dados, no planejamento da distribuição dos equipamentos de proteção individual, na forma como a população tem se comportado em relação à Covid-19. E é tudo muito dinâmico e é muito importante estar participando desse processo e poder orientar tanto os profissionais de saúde como a população sobre as novas condutados conforme forem preconizadas pelo Ministério da Saúde e pela Vigilância’’, considera a técnica de Vigilância Epidemiológica, Flávia Serrano.

‘‘Enquanto técnica me vejo no dever tanto de servidora como de cidadã de estar aqui prestando apoio e ajudando da melhor forma possível. Eu parabenizo os médicos que estão fazendo um excelente trabalho, e nós também estamos aqui fazendo toda parte burocrática, de bastidores, com dedicação contínua para tudo funcionar da melhor possível e dar a eles a melhor condição possível para atender a população’’, afirma a técnica de Vigilância Epidemiológica, Luma Kubota.

Confira a primeira edição do Boletim Epidemiológico Covid-19 de Rondônia.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA