Começou quente: no primeiro dia de julho, PRF registra mais de uma dezena de ocorrências nas BRs de Rondônia

Começou quente: no primeiro dia de julho, PRF registra mais de uma dezena de ocorrências nas BRs de Rondônia

Porto Velho, RO O mês de julho começou agitado nas rodovias federais em Rondônia. Em todo o estado, foram registradas mais de uma dezena de ocorrências policiais, nas mais diversas áreas temáticas, demonstrando que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) mantém intensa fiscalização de trânsito e atividades de enfrentamento às práticas ilícitas.

Adulteração de veículo

Em Porto Velho, mais uma motocicleta adulterada foi identificada por uma equipe PRF. O veículo apresentava remarcações nos números de chassi e motor. O homem que conduzia o veículo também foi preso por porte ilegal de arma de fogo, pois trazia em na mochila um ferrolho de espingarda.

Moto adulterada

Ferrolho de espingarda

Na cidade de Cacoal, uma motocicleta envolvida em acidente de trânsito também foi aprendida, após os PRFs identificarem a adulteração. O motociclista disse que comprou o veículo em um leilão, mas não quis regularizá-lo junto ao Detran, tendo como solução utilizar a placa de outra motocicleta.

O crime de adulteração pode ser punido com até 6 anos de reclusão

Crimes de Trânsito

Duas pessoas responderão criminalmente por entregar veículo à pessoa não habilitada. Em ambos flagrantes, registrados em Porto Velho, os proprietários dos automóveis permitiram que um não habilitado estivesse ao volante.

Em Ouro Preto do Oeste, a PRF prendeu um homem não habilitado que dirigia uma moto com documentação vencida há cinco anos. O motociclista só parou após se envolver em um acidente, depois de desrespeitar ordem de parada e fugir da fiscalização policial, realizando manobras que colocaram em risco a vida de pedestres e outros motoristas da BR 364.

Recaptura de homicida

No posto PRF de Itapuã do Oeste, durante fiscalização de transporte coletivo, um homicida, foragido da justiça, foi identificado e reconduzido ao sistema prisional.

Crimes Fiscais e mandado de prisão

Em Porto Velho, próximo à divisa como o município de Candeias do Jamari, três caminhões que transportavam juntos quase 40 metros cúbicos de areia foram abordados para fiscalização de trânsito. Os motoristas, que não traziam documentos fiscais que comprovassem a origem lícita do material responderão por crime fiscal. Durante a ocorrência, um dos motoristas foi identificado como foragido da justiça, condenado por extorsão, sendo preso e encaminhado ao sistema prisional estadual.

Crimes ambientais

Com regularidade praticamente diária, a Polícia Rodoviária Federal em Rondônia têm apreendido cargas de madeira ilegal nas BRs de todo o estado. Durante o dia, 07 ocorrências dessa natureza foram registradas, sendo 3 em Ji-Paraná, 2 em Porto Velho, 1 em Ariquemes e 1 em Vilhena. No total, foram apreendidos mais de 170 metros cúbicos de madeira.

Madeira Serrada _ Ji-Paraná

Madeira Porto Velho

Madeira Serrada – Vilhena

Madeira Serrada – Vilhena

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA