Após ficar preso em porta-malas caminhoneiro é libertado na BR-364

Porto Velho, RO – Policiais da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva) estão investigando um roubo seguido de cárcere privado que ocorreu na madrugada de sexta-feira (1), no Trevo do Lagarto, em Várzea Grande/MT.

A vítima é um caminhoneiro de 62 anos que conseguiu se soltar após várias horas sob a mira dos bandidos.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima ficou 6 horas em poder dos bandidos, que fugiram levando o caminhão e a carga de soja que ele transportava. O caso aconteceu por volta das 05h, quando o motorista se preparava para pegar a estrada novamente.

Os bandidos subiram no caminhão em movimento e soltaram o engate, fazendo a carreta travar.

Em seguida, o caminhão parou. Um dos assaltantes foi até a cabine, anunciou o roubo, rendeu o motorista e colocou um capuz em seu rosto. Ele foi levado para outro veículo, onde foi colocado no porta-malas.

Foram mais de seis horas em cárcere dos bandidos, que o soltaram na BR-364, e em seguida fugiram. O caminhão de soja, o celular, documentos e dinheiro do caminhoneiro foram levados.

Ele conseguiu se livrar das cordas e pediu ajuda na estrada e em seguida aos policiais rodoviários federais que acionaram a Polícia Civil. Há uma pista que pode levar esse crime a uma quadrilha especializada em roubo de carga.

O delegado Gustavo Garcia irá investigar o caso.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA