O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), investe no planejamento aplicado à melhoria dos índices da Educação Tecnológica. Assim a Central de Mídias do Estado tem um papel muito importante, principalmente durante a pandemia da Covid-19.

O ensino ofertado por meio do canal da Mediação Tecnológica em Rondônia atende cerca de seis mil estudantes, nos 52 municípios, sendo utilizadas cerca de 350 salas distribuídas em todo o Estado. Fazem parte dessa Rede de Ensino à distância alunos de áreas rurais, comunidades indígenas, quilombolas e ribeirinhas. As aulas contemplam todos os componentes curriculares, com intérprete de Libras, aprimoramento, revisão de conteúdo, incluindo a produção de material de estudo, atividades e avaliações.

As aulas possuem professores capacitados e intérpretes de Libras

A gerente de Mediação Tecnológica da Seduc, Daniele Brasil, destaca que o programa tem o objetivo principal, de impulsionar a Educação em Rondônia no que diz respeito à inovação tecnológica, contando com professores capacitados para a metodologia de ensino. “As aulas são transmitidas em tempo real, via satélite e postadas no canal da Mediação Tecnológica na internet, que atualmente possui 56 mil inscritos”, ressalta.

O programa foi implantado em Rondônia em 2016, ganhou destaque e se estendeu a todos os estudantes da Rede Estadual de Ensino. A Gerente do Centro de Mídias, ressaltou também o trabalho do programa. “O ensino por meio de mediação tecnológica no Estado existe há cinco anos, com atividades extraclasse, nivelamento e acompanhamento para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de outras ações, tendo como objetivo fomentar o ensino, proporcionando uma educação de qualidade a todos os estudantes da Rede Estadual”.

Daniele Brasil destaca os investimentos feitos pelo Poder Executivo na melhoria do programa. “Sou professora da mediação desde 2016, pude ver esse avanço na prática. Observamos uma crescente melhoria possibilitada pelos investimentos, como contratação de uma produtora de áudio visual, equipamentos como notebooks para aluno, capacitação de professores da mediação, receptores de satélite, antenas, cabos, televisores e agora buscamos modernizar ainda mais com aquisição de novos softwares e aplicativos”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui