Semusa estabelece regras para manuseio de vítimas do Coronavírus e cuidados para profissionais

Semusa estabelece regras para manuseio de vítimas do Coronavírus e cuidados para profissionais

Porto Velho, RO – O Departamento de Vigilância Sanitária (DVS) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) emitiu a Nota Técnica 01/20 estabelecendo regras para identificação de vítimas pelo novo Coronavírus, manuseio de cadáver por profissionais da área e agentes funerários e cuidados para evitar contaminação pela Covid-19.

A partir desta quarta-feira, as possíveis vítimas da doença que estejam aguardando exames devem constar em laudos “óbito hospitalar suspeito de Covid-19 ou SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave)” e os casos confirmados terão inscritos “óbitos hospitalar por Covid-19 ou CID B342- infecção por Coronavírus não especificado”. Os corpos devem ser enrolados em lençóis; postos em sacos impermeáveis para impedir a vazão de fluídos; reforçar a proteção com um segundo saco e desinfetar com álcool 70%, solução clorada 0,5 a 1% ou outro saneante autorizado pela Anvisa.

Os profissionais que fizerem esses procedimentos deverão registrar seus nomes, datas e atividades, inclusive o pessoal da limpeza, para garantir o monitoramento. A secretaria determina ainda que as vítimas devem ser acomodadas em urnas lacradas que não poderão ser abertas durante o velório, que também não é recomendado pelas autoridades.

A portaria foi publicada logo após a polêmica do último domingo quando uma médica atestou a morte de uma paciente de 65 anos por Coronavírus, fato negado até a segunda-feira pelo secretário Fernando Máximo. Em coletiva, ele confirmou o óbito pela Covid-19.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA