Indígena não tinha CNH e Hilux ficou como garantia para pagar prejuízos...

Indígena não tinha CNH e Hilux ficou como garantia para pagar prejuízos após bater em loja de conveniência em Vilhena

Extraderondonia

O acidente aconteceu no início da tarde desta sexta-feira, 31, nas dependências posto de combustível Santo Ângelo, localizado na Avenida Jô Sato, no bairro Jardim Eldorado, em Vilhena.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a caminhonete Toyota Hilux, de cor branca, dirigida pelo indígena Enawenê-nawê, trafegava pela Avenida Beno Luiz Graebin, sentido Cuiabá, e levava colegas da tribo no banco de passageiros (leia mais AQUI).

Nesse momento, o sinal teria fechado para ele; com isso, o freio da caminhonete falhou e o motorista perdeu o controle de direção, batendo contra a loja de conveniência do posto de combustível localizado na esquina.

Apesar do impacto, o condutor e seus colegas ficaram ilesos; houve apenas danos materiais.

Conforme a polícia, o indígena não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o carro ficou no local, como garantia, para resolver os prejuízos materiais provocados na loja de conveniência do posto de combustível.

Fato aconteceu no início da tarde desta sexta-feira, 31, em Vilhena / Foto: Divulgação

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA